Bem-Vindo a este espaço.
Todos os comentários, discussões e debates são bem-vindos independentemente da opinião expressa estar ou não de acordo com a minha. Para tal é necessário cumprir quatro requisitos: respeito, tolerância, educação e escrever correctamente! Reservo-me, no entanto, ao direito de encerrar qualquer tópico quando assim o entender, bem como, de remover qualquer comentário que considere não respeitar as regras acima mencionados! Obrigado e participe!
________________________________________________
Terça-feira, 1 de Maio de 2007

1º de Maio

Depois de uma semana no Parque Natural da Peneda-Gerês, subindo montanhas e descendo cascatas hoje é, como diz o meu filho, "Dia de Pijama"!

 

Mas nem por isso deixo de comemorar o Dia do Trabalhador, com um bolinho que está agora no forno e com esta pequena homenagem a todos os trabalhadores do Mundo!

 

Por cá, acredito que se comemore efusivamente. É, normalmente, quando sentimos algo em perigo que mais demonstramos o nosso apoio. E o Trabalhador está em perigo, como nunca esteve desde o 25 de Abril.

Cada vez mais, as medidas tomadas são em detrimento dos seus direitos, tudo em nome da competitividade, da concorrencia, da economia.

 

O Trabalhador está a voltar a ser uma máquina, feita apenas para trabalhar, devendo-se contentar pelo facto de alguem, de charuto na boca; de quem se fala na TV, e que fala na TV com a certeza das "coisas"; que vai passar férias ao espaço e está convencido que ainda vai estar num "r-e-s-o-r-t" (pronunciado à tia) na Lua; que anda de avião, helicópetro ou limousine; que não paga multas nem as suas obrigações para com o Estado; o Trabalhador, dizia eu, deve-se contentar por "esses alguéns" lhe dar um emprego. E sem refilar, que muitos há, cada vez mais, dispotos a comer e calar!

 

Não entendo, como se pode criticar a Função Pública pelos direitos que tem; eu prefiro criticar o meu "patrão" por não me dar esses direitos; eu prefiro criticar o meu Governo por não "obrigar" o meu "patrão" a dar-me os mesmos direitos!

 

 

Esta foto é do primeiro 1º de Maio livre em Portugal. Foi uma grande Manif. Talvez a maior que por cá houve.

Faz hoje 10 anos estava eu numa maior. A única que vi que suplantou esta. Uma experiência inolvidável: o 1º de Maio em Havana!


SECÇÕES:
Publicado por jpgn às 17:03
Abrir tópico | Comentar...
________________________________________________


SECÇÕES

- mensagem -

abril

actualidade

automoveis

cidadania

divagações

férias

fotografia

fotografias

memoria

memorias

memórias

musica

poesia

sociedade

todas as tags

FRESCOS:

Dedicatória

O Fim

Fado Fátima Futebol

Estranha Ditadura

Love Will Tears Us Apart

Prioridades

Que Grandes Bombas

Entregar o Palácio às pes...

Coerências

Marcel Marceau

Portugal no seu melhor...

Convexo

Comboio

O Pequeno Galo Vermelho

Lei de Murphy

MADUROS:

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007